Metrónomo # One call away

A música não é grande coisa. Pelo menos, não para mim. E não é, portanto, pela música… É por mim.

Ao ouvir a letra, ouvir com atenção, pensei: estarei eu a um telefonema de distância daqueles que importam? Com que regularidade faço eu esses telefonemas?

Não faço! Não ultimamente. Tão atarefada que ando que me esqueço de viver. Esqueço-me do mais importante. E nem vale a pena alegar que eles ligam em caso de precisarem. Isso são as emergências. Mas o carinho e a presença do dia-a-dia, não tenho dado. E, desconfio, nem tenho sabido receber.

“I’ll be there to save the day”

De facto, há dias em que um sorriso, uma palavra de quem gosta de nós salva o dia.

Peguem nos telefones, digam olá, marquem um café, um jantar. Ou, simplesmente, aproveitem para dizer que gostam de alguém.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s