Teremos sempre Paris*

Há uma semana o mundo voltou a tremer. Um abalo tão forte e com tantas réplicas que nos deixam aterrorizados. E não, não é possível levar uma vida normal depois dos atentados de Paris. Tal como também não foi possível a quem passou pela II Guerra Mundial (ou outras) levar uma vida normal.

O medo instalou-se e ele não é bom conselheiro. A atos bárbaros, responde-se com barbaridade e regressa-se à máxima “olho por olho, dente por dente”. Mas não passamos já essa fase? A humanidade não evoluiu num outro sentido? A resposta correta será mesmo a da violência? Ou então a indiferença de não acolher refugiados que morrem nas praias ou à deriva por medo daquilo que eles se possam tornar? Isto quando a maioria dos bombistas, pelo que os media vão divulgando, estudou no ocidente…

Eu tenho medo. Não conto deixar de viajar por causa deste medo. A minha vontade de vencer é tão grande quanto o medo. Mas sei que terei sempre Paris para me lembrar que o mundo está em constante mudança, mas que é por ele, e por essa mudança, que continuarei a defender a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade.

2015_11_20

*frase original “We’ll always have Paris”, do filme Casabranca.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s