Código Da Vinci – Dan Brown

Código DaVinci

Os dias vão ficando mais pequenos, menos quentes, mais convidativos a atividades dentro de portas do que em espaços abertos. Mas não é por isso que devemos deixar-nos consumir pela melancolia da estação. Agora que a temperatura já permite uma boa caneca de chá, nada melhor que acompanhá-la com um bom livro.

O Código de Da Vinci é uma escolha segura. Sim, o autor exagera em alguns momentos da trama, mas se repararem nisso é sinal que a vossa inteligência está intacta. A história começa com uma visita a um dos museus mais bonitos do mundo, e um dos mais visitados e fotografados: o Louvre, em Paris. A descrição do livro consegue transportar-nos até ao espaço do Museu e leva-nos a conhecer alguns dos seus recantos. O livro ‘mostra-nos’ outros locais, igualmente belos, tanto em França como em Inglaterra e Escócia. É bom quando um livro nos transporta para outras paragens sem sairmos do sítio.

Pelo meio há muita intriga e mistério, com algum aproveitamento da História da Igreja Católica. As interpretações às Escrituras da Igreja nem sempre são as mais corretas (detetadas, principalmente, se tivermos conhecimentos de religião), mas esta é uma obra ficcionada, convém que haja imaginação à mistura.

Se depois do livro lhe sobrar tempo e curiosidade, veja o filme. Tom Hanks não desilude no papel de Robert Langdon. Divirta-se!


 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s